Presente de aniversário de Goucha

No passado dia 25 de dezembro, Manuel Luís Goucha completou 64 anos, data que festejou com o companheiro, Rui Oliveira, longe de Portugal, mais precisamente na Suíça.

No seu blog – ‘O Cabaré do Goucha’ – o apresentador partilhou com os leitores como é que passou o dia revelando o presente de aniversário que recebeu.

“Sou daqueles que cresceram a ver o ‘Museu do Cinema’ na Televisão, apresentado pelo sapiente e efusivo António Lopes Ribeiro acompanhado ao piano por António Mello, este tímido a ponto de lhe ouvirmos apenas um sussurrado ‘boa noute’. Delirava com o Charlot, criação maior de Charles Chaplin, a ponto de querer saber tudo sobre quem vestia essa terna e ‘vagabunda’ personagem, que mais parecia saída do universo de Dickens. Por isso cresci a querer acompanhar tudo quanto ele fazia enquanto ator, escritor, realizador e, fiquei agora a saber, também compositor, já que são da sua autoria algumas das bandas dos seus filmes sonoros.

Goucha conta que visitou o último lar do artista, entretanto transformado em museu. “A magia do local faz-nos sentir visita da casa, junto a Chaplin e a Oona, presentes em muitos dos cómodos”, nota. “Idêntico empolgamento sente-se caminhando pelos jardins com vista para as montanhas ou nos estúdios ali montados ao lado, onde em cenários replicados podemos ‘protagonizar’ cenas icónicas dos seus filmes mudos”, acrescenta.

“Para mim, que adoro o Natal e toda a sua magia, se bem que haja quem pense o contrário (vá-se lá a saber porquê!), este foi o melhor presente de aniversário que poderia ter”, completou.